Scroll Top

Coach de Relacionamentos Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Curiosidades

5 segredos que as Mulheres com Seios Pequenos Precisam Saber URGENTE!

Não há dúvidas que as curvas chamam atenção, mas a diversidade está aí para mostrar que todo mundo é belo dentro de seu biotipo. Um bom exemplo disso, obviamente, são as mulheres com seios pequenos. Elas, que costumam ser elegantes naturalmente devido à postura e a sensualidade não vulgar, nem sempre estão satisfeitas com o corpo devido à falta de volume na “comissão de frente”. Somado a isso, ainda é preciso levar em consideração que a sociedade impõe um biotipo mais exuberante, a la Kim Kardashian, sem contar o discurso de que os “homens preferem mulheres com seios grandes“.
topTanta baboseira junta impede que muitas mulheres, donas de seios pequenos, enxerguem a beleza que realmente exibem. Hoje, no entanto, vamos provar (para quem ainda não estava convencido), que não tem o menor problema em ter seios menores que os mega silicones que as famosas exibem por aí.

Na lista abaixo, por exemplo, estão alguns segredos que todas as “despeitadas” (no melhor e mais fofo dos sentidos) precisam saber. Como você vai ver, existem até mais vantagens que desvantagens em ter um volume menor para se carregar pela vida.

Confira 5 segredos que mulheres com seios pequenos precisam saber:

1. Mulheres com seios pequenos costumam ter uma postura melhor: Sabia que pessoas com seios muito grandes podem carregar quase 10 quilos somente nessa parte do corpo? Isso, obviamente, afeta bastante a postura de algumas mulheres, mesmo com o uso diários do sutiã. A não ser, é claro, que você seja dona de seios pequenos. Nesse caso, elas tendem a ser mais elegantes e sofrer menos com problemas de postura na hora de caminhar e de se sentar, por exemplo.

2. O tamanho não influencia na produção de leite
Não existe essa de que mulheres com seios pequenos produzem menos leite, na hora de amamentar seus rebentos. Aliás, a glândulas mamárias, responsáveis pela produção do leite, não têm nada a ver com o tamanho do sutiã e está lá, do mesmo jeito em todas as mulheres.

O que pode acontecer com as mulheres menos providas de comissão de frente é a alteração do tamanho e do formato dos seios, devido ao estímulo das tais glândulas, pelo menos durante esse período de amamentação do bebê. Mais uma vez, tamanho não é documento. Logo, seios pequenos também sofrem a ação da gravidade e, com o tempo, podem também ficar mais flácidos e caidinhos, assim como os seios maiores.

O que mudar de uma pessoa para outra, no entanto, é o período em que essa ação do tempo vai começar acontecer. E isso, mais uma vez, depende de alguns fatores, também naturais, como a quantidade de gordura e de tecido glandular que eles abrigam.

4. Liberte-se: não usar sutiã pode ser bem melhor para eles

E, apesar de tudo que sua mãe, sua avó e todos mundo já tentou enfiar em sua cabeça, estudos apontam que usar sutiã por longos período pode ser prejudicial para a saúde das mamas. Isso porque o “porta-seios” pode afetar a circulação, o tecido da região e até mesmo levar à flacidez prematura, que impede que a pele se sustente sozinha. E, enquanto as mulheres mais avantajadas dificilmente se arriscariam tanto, a vantagem é que as de seios pequenos podem se dar ao luxo de deixar o sutiã em casa sem ter que sofrer dores na coluna, no pescoço e assim por diante.

5. Menores, mas mais sensíveis na hora H

Conforme uma pesquisa realizada pela Universidade de Vienna, mulheres com seios pequenos tendem a ser mais sensíveis na cama e isso quer dizer que elas “sentem mais”. Isso acontece porque mulheres com seios maiores contam com uma quantidade maior de tecido glandular e de gordura, o que afeta bastante a sensibilidade dessa região do corpo feminino. No caso das comissões de frente menores, o nervo que transmite as sensações fica mais alongado e pode ser facilmente estimulado na hora H. Entendeu?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentários

Recomendados para você:



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.