Scroll Top

Coach de Relacionamentos Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Relacionamento

6 Sinais que o Homem dá Quando já Não Ama te Mais! Seu Parceiro dá Esses Sinais?

Os sintomas do fim de um relacionamento podem não ser claros para todo mundo, já que nem sempre é fácil perceber que o amor acabou. O site norte-americano Prevention fez uma pesquisa com pessoas divorciadas que identificaram os sinais do término e nós listamos alguns deles para te ajudar a descobrir se o parceiro já não te ama mais como antes. Veja 6 desses indícios e saiba se vale a pena continuar com o relacionamento que pode estar fadado ao fracasso.
formas_dormir_casal-9Ele não se importa com os seus sentimentos: Kristin Smith, uma das divorciadas entrevistadas pelo portal, contou que o primeiro sintoma foi a falta de interesse de seu ex-marido. “Ele não sentia se alegrava em me fazer feliz. Chegava super tarde a eventos que eu organizava, por exemplo, ou não me buscava no dentista porque estava muito ocupado. Ele só pensava nele. Dia das Mães ou o meu aniversário eram datas que ele desprezava. Eu chorava muito em dias especiais como esses. Ele me via chorar, e quem se ama não quer ver o outro nessa situação. Kristin permaneceu nessa situação por 26 anos antes de assinar o divórcio.

Sem novidades: vocês deixam de compartilhar a vida um com o outro: A rotina muitas vezes pode ser a grande vilã do fim de um relacionamento, e os homens também sentem isso. “Chegou um ponto em nossa relação que eu senti que minha ex-mulher não me apoiava mais”, disse Joseph Trout em depoimento ao site. “Eu não podia contar para ela se eu tivesse um dia ruim, se não ela dizia que, qualquer coisa que tivesse dado errado, era provavelmente minha culpa. Então, eu basicamente parei de me comunicar com ela no geral”. Depois, o casal parou de passar o tempo junto e foi perdendo intimidade. “Por exemplo, eu gostava de assistir TV depois do trabalho, e ela preferia ficar na internet. A gente deveria ter achado alguma coisa que os dois gostassem de fazer”.

Ele te diminui: “Meu ex-marido menosprezava minha aparência, meus objetivos e ambições”, contou Honorée Corder. “Escolhi ignorar tudo porque achava que, de algum jeito, eu era culpada, ao invés de ver isso como um sinal de que nós não tínhamos sido feitos um para o outro”. O relato mostra que, muitas vezes, as mulheres erram ao se culparem pelos atos do parceiro. Porém, lembre-se de que nem sempre vale a pena insistir em algo que não dá certo.

Ele passa a fazer coisas sem sua companhia: “Ele nunca queria fazer nada que eu queria. Ele só queria pescar e jogar sinuca. Se eu queria fazer qualquer coisa, ele simplesmente ignorava e dizia: ‘te vejo em casa’”, disse Maggie Harris. Um relacionamento deve ser feito de cumplicidade e companheirismo. Se você se sente sozinha e ele não faz questão de estar por perto, pode ser um sinal de que as coisas não estão funcionando bem.

Ele se mostra intransigente e fechado: “Nosso casamento era ok, desde que eu não dissesse nada de que meu ex-marido discordasse”, reclama Kristin*. “Se ele discordava de mim, não tinha absolutamente nenhuma negociação. Ao invés de tentar resolver o conflito, ele dizia que estava muito ocupado ou ficava em silêncio, recusando-se a responder quando eu falava com ele – às vezes, durante semanas”. Esse relato deixa clara a necessidade de haver respeito mútuo, caso contrário, o amor pode não estar presente nesse relacionamento.

Ele se irrita com tudo facilmente: “Logo depois que nos casamos, o tom do meu ex comigo mudou. Ele rapidamente ficava muito nervoso”, lembra Laurie Lyons. “Se eu dava a ele uma resposta de que ele não gostava, ele repetia a pergunta cada vez mais alto para tentar me intimidar. Eu achei que pudesse lidar com aquilo ou que ele fosse melhorar, mas isso nunca aconteceu. Com quatro anos de casados, o ex de Laurie parou de trabalhar e ela sustentou a família sozinha por mais três anos.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentários

Recomendados para você:



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.