Scroll Top

Coach de Relacionamentos Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Relacionamento

As 7 Dicas Para Controlar seu Ciúme

É normal sentir ciúmes em algumas situações e dependendo da intensidade, pode ser até saudável para relação. O problema é que algumas pessoas são movidas por um ciúmes exagerado que acaba minando a vida a dois. A terapeuta Fatima Repanas dá dicas de como controlar o ciúmes para não se tornar a neurótica possessiva e acabar estragando a relação.

ciumes
1.Aprenda com o passado: Fazemos e reconhecemos os erros do passado para não voltar a cometê-los, nem no presente, nem no futuro, por isso, se o facto de ser ciumento já vem de trás, está na altura de o travar. Se os ciúmes já prejudicaram uma ex-relação, corre o risco disso voltar a acontecer. Será que esses ataques de ciúmes não estarão na base de uma vida amorosa atribulada? Ninguém quer viver uma relação assim, até porque não resolve nada, antes pelo contrário.

2.Cuide da sua autoestima: Se você é inseguro e acha que as outras mulheres são melhores ou mais interessantes que você, as chances de se tornar uma pessoa ciumenta aumentam consideravelmente. Valorize-se! Aumente sua autoconfiança. “Se você tiver consciência do seu valor, não vai pensar a cada dez segundos que o parceiro pode te trocar por outra pessoa”,

3.Limite-se aos fatos: O ciúme faz com que vejamos as coisas através de uma lente de aumento. Um ciumento costuma exagerar ou interpretar de forma negativa as atitudes da pessoa amada. Dessa forma, uma ação educada é confundida com “dar liberdade”, e o simples ato de falar “bom dia!” vira um flerte na imaginação do cioso.

4.Aumente a sua autoconfiança: Alguém que não acredita em si próprio pode acreditar que as outras pessoas também não acreditam. Logo ciumento é levado a pensar que o (a) companheiro (a) pode lhe trocar por alguém “melhor”. O ideal é entender a causa da insegurança e tentar superar isso.

5.Não fantasie coisas: Lembre-se que os pensamentos ruins pertencem á você e não ao parceiro. “Não devemos transferir nossas neuras e inseguranças para nosso companheiro”, diz Fatima.

6.Você não é dono e nem pertence a ninguém: A maioria dos relacionamentos acabam porque muitas pessoas não conseguem entender que não são donas do parceiro, e que amor é, acima de tudo, permitir o outro ser livre( dentro dos limites de cada relação).

7. Ame no hoje: Esqueça por um tempo o “felizes para sempre”. Quando a gente para de depositar nossa chance de ser feliz na relação no futuro(seja com ideia de casar ou morar juntos), Ficamos mais estimuladas a cuidar da relação no hoje.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentários

Recomendados para você:



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.