Scroll Top

Coach de Relacionamentos Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Relacionamento

Por que a Amante Nunca é Levada a Sério?

Nada melhor do que um homem explicando a questão da amante.

Leitora: Ola. Gostaria de saber porque raramente um homem leva uma amante a sério e raramente deixa a sua esposa para ficar com a amante, mesmo quando a mesma é muito melhor de cama, gente boa, e não dá aquele tédio que a esposa dá. Será que vale a pena ser amante nos dias de hoje para uma mulher que quer ser levada a sério?

Traição está na moda! Você trai? Já foi traído? Pensa a respeito disto? É claro que pensa. Qualquer pessoa que tenha se aventurado na vida amorosa, pensa e muito a respeito. Mas e o outro lado? A vida de amante. Você já foi amante? Já teve amantes? Acredita que poderia ser? Acredita que poderia ter?

Existem as mais diversas pesquisas sobre a motivação de pessoas que buscam relações extraconjugais, e muitas delas são detalhadas e catalogadas por gêneros sexuais e opção sexual, classes sociais, profissões, experiência amorosa, enfim, por diversas categorizações que tentam de forma separada e reduzindo ao máximo a segmentos, chegar a respostas minimamente plausíveis e prováveis sobre o que leva, tanto homens quanto mulheres, a buscar prazer extra em relações paralelas.
vida-de-amanteAgora, paremos para pensar a respeito do que isto significa para nós, na individualidade de cada um, e sem nos atermos às questões morais e éticas que a traição implica, e seja em qual lado estiver, de quem busca este prazer ou de quem entrega este prazer, fiquemos apenas com o fato que motiva esta busca de prazer sexual e emocional extra, numa discussão inicial.

Nós temos uma pergunta, enviada por uma leitora que está curiosa a respeito deste tema. E sua pergunta é um tanto curiosa também, e creio que até natural entre mulheres que buscam ou aceitam envolvimento com um homem que já está em uma relação estável. Porém, para que entendamos o que leva uma mulher a pensar desta forma e até questionar o que é válido ou não numa relação extraconjugal, vamos entender o que um homem deseja primariamente quando se envolve em casos amorosos com outras mulheres, já estando em uma relação sólida e estável com outra mulher.

O que necessariamente um homem quer ao buscar um caso extraconjugal? Seria mais sexo, aventuras, emoções, alívio à pressão que sente motivada por uma vida mais rígida e engessada dentro do casamento, apenas distração, seria a busca por algo mais leve e descompromissado, se comparado à relação que já tem, seriam práticas sexuais que sua atual mulher não lhe dá? Ou seria tudo isto ao mesmo tempo, mesmo que não manifestado em desejo consciente, independente de intensidade ou ordem de busca?

Se formos um pouco mais a fundo, não nos atendo às questões por si e motivações que levam à esta busca e sim ao fato, veremos que as respostas a estas questões não importam tanto quanto o objeto que causa a busca, que é prazer imediato e consumível. É isto o que ele quer. É disto que precisa. E é exatamente isto que está a buscar.

Enxergando exatamente a causa primária de sua busca, podemos então responder o porquê de um homem que quer prazer extra não fazer exatamente o que se espera dele e que é tão almejado por mulheres que se envolvem com ele. O que ele queria, o que lhe faz procurar uma vida paralela de relações amorosas, ele agora tem, e com você. Por que então ele deveria querer mais algo contigo, mulher?

O que ele busca, você lhe dá de bom grado, se esforça para agradá-lo sexualmente de todas as formas, se esforça para ser uma mulher que o satisfaça nos mínimos detalhes, vive para ele como se fosse todo um sistema a girar em torno do astro-rei. E é exatamente isto que ele quer. Não mais que isto, e não espera mais nada além disto.

O que este homem quer com você é sexo e distração pra sua mente agitada por problemas que tornam sua vida enfadonha e sem graça, e vê em você e a aventura que possa lhe dar uma fuga para toda a mesmice que a rotina de uma relação marital lhe confinou, porque tudo o mais, aquilo que você, mulher que se coloca como amante, quer em troca pelos favores sexuais e emocionais que lhe presta, ele já tem. E não precisa abrir mão do que tem com outra mulher pra ter com você.

Qual a vantagem? Todo homem minimamente experiente em casos extraconjugais sabe que ao trocar uma esposa por uma amante, esta amante na condição de esposa se tornará igual ou até mesmo mais deficiente que a atual a ocupar sua suíte master. E se existe esta possibilidade, por que fazer então? Por que este homem deveria destruir toda a estrutura já criada, com todo o suor e lágrimas que exigiu, apenas para trocar uma mulher por outra, se ele pode manter as duas? A esposa em casa, cuidando do lar, e a amante quente e fogosa, cuidando da cama! Além do mais, qual a imagem que passa à ele? Vamos analisar este ponto.

Por mais virtuosa que seja, mesmo que tenha qualidades como pessoa que talvez a esposa deste homem não tenha, não é exatamente isto que ele busca em você. Caso contrário, já estaria divorciado e correndo para mobiliar o novo apartamento e viver teu sonho de “Família Doriana“. O que ele quer contigo, o que ele busca em qualquer outra mulher fora do casamento é sexo e alguma diversão. Mas quer mais sexo que qualquer outra coisa.

A imagem que você passa, mesmo sendo boa de cama e gente boa, é de que teu julgamento moral a respeito desta situação, de se prestar a favorecer sexualmente um homem casado, não é dos mais acertados. Tanto na escolha de homens para se envolver, quanto na firmeza de suas convicções. Ou seja, no resumo, você é pouco confiável para uma relação séria! Qual é a mensagem que uma mulher passa quando quer destruir a felicidade de outra pessoa para construir a sua? Ora, se alguém quer uma relação séria e ser minimamente levada à sério, deve procurar alguém que esteja em condições de dar exatamente o que se quer. E um homem comprometido, que busca apenas prazer fora de uma relação conjugal, pode apenas te dar o que ele quer, um prazer passageiro e finito.

Uma mulher, na condição de amante, exigir seriedade de um homem casado pra consigo, é o mesmo que exigir fidelidade deste mesmo homem. É impossível. A sua utilidade é apenas sexual, e não social. Percebe a diferença? E cá pra nós, você como mulher, por querer um compromisso sério com um homem que vive desta forma, espera o quê? Acredita mesmo que poderá domá-lo? Que não acontecerá o mesmo contigo? E convenhamos, será que você é o único caso que este homem tem, fora do casamento?

Quanto risco você desnecessariamente não está correndo? Em dias onde se corre o risco de pegar uma DST vivendo de forma recatada, sendo monogâmico, o que se dirá de alguém que evidentemente vive de forma promíscua e sabe-se lá o quão inconsequente?

Obviamente, devemos levar em consideração o fato de acontecer uma paixão, e sem se dar conta, ver-se envolvida numa situação delicada. Mas é difícil dar razão neste caso ou em qualquer outro, pois você conhece de antemão a situação que está criando e com um homem já numa relação. Seria até certo ponto compreensível em casos onde o homem esconde desta mulher sua situação marital e arrasta esta relação paralela por um longo tempo, sem deixar claro sua condição, mas é compreensível até o conhecimento do fato.

Isto acontece? Sim, e muito. Mas a melhor decisão ao saber do engano, é afastar-se. Em definitivo. Você, caso queira comprar a briga pelo sujeito, por já estar envolvida emocionalmente, caso ganhe a disputa, pois não podemos descartar esta possibilidade que muito raramente acontece, apenas estará levando para seu convívio um homem de comportamento errante e inconsequente, que lhe dará o mesmo comprometimento que tinha com sua antecessora. E isto não é o que quer, ou é?

O que você quer é uma relação sadia, correto? Então procure um homem que não tenha impedimentos para lhe dar o que quer, e que possa tratá-la de forma séria e levar adiante esta relação, já que está declaradamente valorizando um homem pelos motivos errados. O correto seria procurar um homem com um comportamento diferente deste, que queira realmente te dar o que quer, e não inicialmente usar teu corpo como fonte de prazer apenas, e talvez criar algum vínculo emocional contigo, que será fraco e deficiente.

Vamos tentar entender o que leva um homem a não deixar a família que constituiu para formar uma nova contigo:

Geralmente, existe um comportamento esquivo e dramático, onde o homem de todas formas possíveis, tenta induzir a mulher a acreditar que não será possível ficarem juntos por “n” motivos.

Há aqueles que afirmam que não deixariam a esposa para ficar com a amante porque envolve outras situações que o jogam direto no olho do furacão, e não querem passar por esta mudança cheia de tormentos e estresse desnecessário. Um exemplo muito típico é o homem dizer que tem filhos, caso os tenha, e não quer ficar longe deles, ou que ainda não está preparado para esta mudança e precisa de mais tempo, que o divórcio lhe traria um certo prejuízo material, dentre outros. Mas o que mulheres mais costumam ouvir, o que é mais clichê, é todo o cenário de dor e drama que criam a respeito do casamento em que vivem.

Colocam a esposa como grande vilã e causadora de todos os males que há em sua vida, que são presos à uma relação agonizante e desgastada, que não sabem como fazer para terminar logo e seguirem suas vidas, que vivem atormentados com a ideia de perder o contato com os filhos, quando os tem e estes são ainda crianças, que sentiriam um imenso remorso por abandonar tudo por uma aventura, que sentem pena da esposa e por isto esperam o momento em que esta esteja menos frágil para então separar-se. E claro, ganham tempo com tudo isto. E muitas compensações sexuais pelo sofrimento que vivem e por tanto precisarem de salvação.

Mulher, olhe-se no espelho agora. Sim, agora. Você realmente acredita em todo este discurso? Acredita do fundo da tua alma? Vamos lá, mais uma vez, olhe-se no espelho. Acredita de todo o coração? O que você deve responder a si, é que independente de acreditar ou não, você estando envolvida ou não, está sendo usada apenas para um fim. Para dar prazer a um homem egoísta, que apenas quer receber, e o que ele te dará é apenas frustração e solidão nas noites em que está com a esposa. E falemos claramente, gostoso é ser titular e jogar o jogo. Ficar no banco como reserva, é assistir forçado o sucesso alheio.

E saiba que, por mais que você insista, por mais pressão que faça sobre ele, para que se decida entre você e a esposa, por mais que tente jogar com o emocional dele deixando dúvidas quanto à sua perda, isso possivelmente não o atingirá como deveria. Ele já está anestesiado por viver em uma relação desgastada, caso realmente sua relação esteja definhando, caso esteja vivendo uma assim, e um pouco mais de pressão, e com você, não fará diferença. E caso realmente leve em consideração todo o teu esforço em convencê-lo, há muito em jogo para que ele decida a seu favor. O mais provável é que perca seu poder de atração sobre ele por se tornar tão exigente e conflituosa, e com o tempo, passe a te evitar.

Mas se o que realmente quer é ser amante na tentativa de tomá-lo ou mesmo curtir alguns momentos, ou quem sabe você quer apenas ter alguns luxos bancados e viver secundariamente a vida dele, seja. Direito seu, mas não cobre seriedade de alguém que só quer uma brincadeira…

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Comentários

Recomendados para você:



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.